A história dos Jogadores Anónimos

A Irmandade dos Jogadores Anónimos surgiu de um encontro casual entre dois homens, durante o mês de Janeiro de 1957·
Estes dois homens tinham uma história verdadeiramente frustrante, cheia de problemas e sofrimento causados pela obsessão pelo jogo.
Começaram a reunir-se regularmente e, à medida que os meses passavam, nenhum deles voltou a jogar.
Concluiram, então, através das suas discussões que para evitar uma recafda seriam necessárias algumas mudanças profundas de carácter.
Com o objectivo de alcança rem essas mudanças recorreram a certos princípios espirituais como orientação, e que já tinham sido utilizados
por milhares de pessoas que se recuperavam de outros hábitos compulsivos.
A palavra espiritual é utilizada para descrever as caracterfsticas da mente humana, as quais simbolizam as melhores e mais sublimes qualidades, tais como gentileza, generosidade, honestidade e humildade.
Além disso, com o fim de preservarem a sua própria abstinência, concluíram que era crucialmente importante que transmitissem a mensagem de esperança a outros jogadores compulsivos.
Como resultado de uma publicidade favorável feita por um colunista de prestigio de um jornal e de um comentador de televisão, o primeiro encontro do Grupo de Jogadores Anónimos ocorreu numa sexta feira, no dia 13 de Setembro de 1957, em Los Angeles, Califórnia.
Desde então, a irmandade tem crescido e novos grupos são formados em todo o mundo.

 

título do depoimento:

 

 

 

 

 

 
título do depoimento: Estou sem Norte
depoimento:
Boa tarde,

Hoje bati completamente no fundo, não sei o que fazer, tenho uma familia maravilhosa mas não arranjo forças para lhes contar o meu problema.

Creio que o meu companheiro me vai por fora de casa, tenho medo muito medo do que se passará, anadei a adiar para ver se jogando conseguia obter o dinheiro que tirei das contas e só piorei a situação.

sinto um nó apertado estou cheia de calamantes, para ver se arranjo coragem. Por favor me ajudem, ainda tenho filhos que precisam de mim.

Fiz a asneira agora tenho que arranjar forças para sair dela.

 

Boa tarde,

Hoje bati completamente no fundo, não sei o que fazer, tenho uma familia maravilhosa mas não arranjo forças para lhes contar o meu problema.

Creio que o meu companheiro me vai por fora de casa, tenho medo muito medo do que se passará, anadei a adiar para ver se jogando conseguia obter o dinheiro que tirei das contas e só piorei a situação.

sinto um nó apertado estou cheia de calamantes, para ver se arranjo coragem. Por favor me ajudem, ainda tenho filhos que precisam de mim.

Fiz a asneira agora tenho que arranjar forças para sair dela.

 

Contactos

jogadores anonimos telef. 91 944 99 17 janonimos@hotmail.com